Mulheres na Matemática

Filme “Journeys of Women in Mathematics”

Postado por analuz em 08/ago/2018 - Sem Comentários

O filme “Journeys of Women in Mathematics” (Jornadas de Mulheres em Matemática) foi apresentado na abertura do World Meeting for Women in Mathematics –  (WM)². Ele mostra as dificuldades e triunfos de três mulheres matemáticas de três continentes diferentes: a indiana Neela Nataraj, a camaronesa Amenatou Pecha Njiahouo e a brasileira Carolina Araujo. Nataraj destaca os desafios de fazer malabarismo com a maternidade e a academia, mas afirma que a experiência só a tornou mais resiliente. A maternidade é um obstáculo significativo para as mulheres na matemática enquanto a paternidade raramente é um obstáculo para seus colegas do sexo masculino.

A única mulher a ensinar matemática em sua instituição, Njiahouo – da Universidade de Maroua – criou uma associação para incentivar a busca de matemática pelas mulheres depois de perceber quantas alunas concluem o bacharelado, mas não seguem seus estudos além disso. Ela está lutando para transformar esse cenário, mas reconhece que não é fácil: “Você deve ser muito corajosa para ser mulher. Você tem que lutar para conseguir um lugar. Somos mães, somos trabalhadores e somos pesquisadores. Não é fácil fazer tudo.” Da cidade-sede do evento,Carolina Araújo, especialista em Geometria Algébrica e professor titular do IMPA, afirma que 25% dos pesquisadores são mulheres, mas são raros no nível superior da matemática. . “Ao excluir meninas e mulheres da matemática, estamos perdendo talentos. Cérebros que poderiam estar contribuindo para a ciência ”, disse ela.

Assita o documentário abaixo e entenda porque ao final do filme, as três estrelas do documentário se levantaram e foram aplaudidas de pé pelo entusiasmado público que estava presente.

Translate »
Skip to content